Adição de categoria

A adição de categoria pode ser uma interessante opção para alavancar até mesmo o currículo. Sendo uma excelente alternativa para quem se habilita a dirigir veículos grandes e se dispõe a realizar os demais exames que compõem a mudança para uma nova categoria de condução de veículos automotores. O processo é semelhante à retirada da primeira habilitação, mas envolve algumas exigências a mais, sobretudo no que diz respeito às infrações e a idade do condutor. Entretanto, o processo é bastante simples e pode ser resolvido facilmente quando auxiliado da maneira correta por uma empresa séria e competente.

 

Adição de categoria A

A adição de categoria A é uma opção muito comum. Visto que a grande parte das pessoas opta pela categoria B na sua primeira habilitação, a categoria que abrange a permissão para condução de veículos com duas ou três rodas vira uma opção futura para a candidatura. Por esse motivo, da mesma forma que a categoria B é a mais desejada como primeira habilitação, a categoria A é a mais desejada como possível adição de categoria futura. Com um processo bastante simples e nada burocrático, conquistar a futura categoria AB (permitindo, assim, a condução de veículos para passeio e motos) se torna um objetivo.

 

Adição de Categoria B

A adição de categoria B é uma opção para quem apresentou como preferência na primeira habilitação a categoria A. Ela se refere a veículos leves com até 3500kg, transportando até nove passageiros (contando o motorista), sendo permitida a atividade remunerada para com ela. Por esse motivo, a adição de categoria B é uma interessante opção para incorporar na CNH. Além de apresentar a possibilidade de condução de veículos de passeio, ela também permite a atividade remunerada, bem como veículos de passageiros (contando com até oito pessoas e o motorista).

 

© 2018 Autoescola Metropole.

Desenvolvido por
Arthur Busqueiro
Tiago Penello
Roberto Ribeiro